Verão: Guerra Contra as Celulites

Verão, solzão, calorão e… corpão! Esta estação tem tudo a ver com um corpo bronzeado utilizando um biquíni que mostra todas curvas – todas mesmo, inclusive as curvas do bumbum que as celulites provocam! Socoooorro!!!
Escolher um biquíni e sentir-se linda e segura nele é um grande desafio nesta estação do ano, principalmente se aqueles furinhos malditos estão lá onde não deveriam. Se você fez atividade física, comeu direitinho e tem uma boa genética, o verão só traz alegrias. Agora, se você só está se preocupando com as celulites agora, o jeito é apelar e declarar guerra contra elas …já !!!
Para lutar contra esta danada, o primeiro passo é saber exatamente contra quem está lidando. Ela é, basicamente a consequência de dois problemas: acúmulo de gordura + má circulação.
As celulites surgem devido a um mau funcionamento dos adipócitos (células adiposas, de gordura), que retêm um maior teor de lipídios, diferentes e alterados e que estimulam a retenção de líquidos, levando assim ao aumento de volume das células, gerando compressão dos vasos e comprometendo a circulação sanguínea.
Ela pode ser classificada em quatro graus ou fases de acordo com a gravidade, histopatologia e mudanças clínicas:
• Grau I: o paciente é assintomático e não apresenta nenhuma alteração clínica. As celulites só são visualizadas se a pele for apertada.
• Grau II: depois da compressão da pele ou depois da contração muscular, é possível ver os furinhos.
• Grau III: um acolchoado da pele e / ou um aparecimento da “casca de laranja” em repouso é evidente; há sensação palpável de pequenas granulações nos níveis profundos; dor para palpação; elasticidade diminuída.
• Grau IV: há as mesmas características do grau III com nódulos mais palpáveis, visíveis e dolorosos, aderência nos níveis profundos e um claro aparecimento ondulado da superfície de pele. Histologicamente, o tecido gorduroso estrutural desaparece e alguns nódulos são encapsulados através do tecido conjuntivo. Há ainda o surgimento de microvarizes.

Quando no início, as celulites podem ser tratadas com drenagem linfática, alimentação saudável , cremes específicos e exercícios – tudo associado, pois não adianta só comprar um creme redutor e esperar pelos efeitos! Os graus mais avançados exigem tratamentos mais específicos, como Carboxiterapia , Radiofrequência , Ultra-Som, Massagem Dreno-Modeladora entre outros.